Aberto de segunda a sexta das 8h as 18h

(11) 4121-3132 / 4121-3180 / 4330-7799Whatsapp(11) 94292-3199

Sermed

Telefone
11-4121-3199

Colesterol e Triglicérides

Sábado, 25 de novembro de 2017


  • Hipercolesterolemia

    O aumento do colesterol esta relacionado com o aparecimento com as doenças do coração. Ele é encontrado somente em produtos de origem animal. Se você tem colesterol elevado, deve tentar reduzi-lo com uma dieta pobre em gorduras saturadas e gorduras trans (gordura vegetal hidrogenada).

    Algumas medidas podem ser tomadas para diminuir o colesterol, como usar pouco óleo no preparo dos alimentos, tirar gorduras e peles aparentes de carnes e aves antes de cozinha-las, evitar o alto consumo de alimentos que contenham gordura vegetal hidrogenada (margarinas, biscoitos, salgadinhos, bolos prontos, sorvetes de massa, etc).

    Consumir alimentos desnatados em vez de dos integrais e aumentar o consumo de fibras como o farelo de aveia, que auxilia na diminuição do colesterol.

    Prefira:

    Leite e seus derivados desnatados.

    Frango (sem pele), peixes e carnes magras.

    Legumes, verduras e frutas a vontade.

    Leguminosas (feijão, lentilha e ervilha seca).

    Cereais (arroz, farinha trigo, farinha aveia, milho e pães).

    Azeite de oliva, preferencialmente o extra virgem.

    Evite:

    Frituras e carnes gordas (bacon, toucinho).

    Miúdos (coração, moela, fígado).

    Leite e derivados integrais (queijos amarelos como a mussarela).

    Gordura animal (manteiga, banha, creme de leite).

    Embutidos (presunto, mortadela, linguiça, salsicha, paio).

    Preparações muito gordurosas (molho aos 4 queijos, dobradinha, rabada).

    Hipertrigliceridemia

    O aumento do triglicérides ocorre por vários fatores: obesidade, diabetes, alterações hormonais, casos de triglicérides na família ou pelo consumo excessivo de alimentos com alto teor de gordura e açúcares.

    O aumento do triglicérides pode acarretar o surgimento de doenças cardio vasculares; é preciso restringir o consumo de bebidas alcoólicas e substituir o açúcar por adoçantes.

    O consumo de peixes, fontes de ômega 3 (atum, sardinha, arenque, salmão, cavala). Uma ou duas vezes na semana auxilia no tratamento.

    Prefira:

    Sucos de frutas naturais.

    Frango sem pele.

    Peixes de aguas profundas ricos em ômega 3.

    Carnes vermelhas magras.

    Frutas frescas.

    Verduras.

    Legumes.

    Leguminosas (feijão, lentilha e ervilha).

    Leite e iogurte desnatado.

    Evite:

    Açúcar, mel, rapadura, caldo de cano, bolos, pudins, balas gomas de mascar, geleias, sorvetes, tortas, biscoitos, chocolates, doces em geral e frituras.

    Carnes gordas (bacon, toucinho), miúdos (coração, moela, fígado), leite e derivados integrais (queijos amarelos como a mussarela).

    Gordura animal, manteiga, banha, creme de leite, embutidos (presunto, mortadela, linguiça, salsicha e paio).

    Preparações muito gordurosas (molho aos 4 queijos, dobradinha e rabada) e todos os tipos de bebidas alcoólicas.

voltar

Busca no Blog

Tags